Assinar
Cultura

Festival Fazunchar leva artistas espanhóis e portugueses a pintar Figueiró dos Vinhos

Pelo quarto ano, entre 13 e 21 de agosto, vão nascer pinturas nas paredes do concelho, juntando-se ao já amplo roteiro que cresce desde 2018

De Barcelona chega Alba Fabre Sacristán para pintar uma parede das entradas no centro da vila

Quatro artistas espanhóis e os portugueses Mariana, a miserável, e Lourenço Providência vão juntar em agosto novos murais à paisagem de Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria, na 4.ª edição do festival Fazunchar, anunciou hoje a organização.

Pelo quarto ano, entre 13 e 21 de agosto, vão nascer pinturas nas paredes do concelho, juntando-se ao já amplo roteiro que cresce desde 2018, onde se combina criatividade, cor e virtuosismo em obras pensadas a partir da história, da natureza, das pessoas e das experiências locais. 

Em 2022, o festival produzido pela Mistaker Maker para o município de Figueiró dos Vinhos promete revelar “novas áreas para explorar e antigas tradições para recordar”.

O cartaz inclui os artistas espanhóis Alba Fabre Sacristán, Juan Rivas, Slim Safont e Taquen, além dos referidos Lourenço Providência e Mariana, a miserável, que, vão pintar, no centro histórico da vila e noutros pontos do concelho.  

Outra convidada desta edição de Fazunchar é Arashida, anunciou hoje a organização em comunicado. A artista brasileira vai criar telas que serão exibidas em vários locais do centro de Figueiró dos Vinhos. 

Novidade para este ano é a criação de um mural pintado através de uma chamada à participação feita a artistas portugueses ou residentes em Portugal. 

À arte urbana junta-se um quarteto de criadores que vão desenvolver obras também originais, em registo de residência artística, inspirando-se no quotidiano da vila e na ação do festival.

Assim, Mariana Vasconcelos (vídeo), Miguel Oliveira (fotografia), Silly (música) e João Pedro Vala (literatura) vão estar em Figueiró dos Vinhos a criar. A produção literária é uma estreia no festival.

Também a música faz parte da programação, nomeadamente com a apresentação das composições de Silly na residência artística, dia 19 de agosto, e o concerto de PAPERCUTZ + Ensemble + Vasco Mendes, no dia 20, ambos na Casa da Cultura – Clube Figueiroense.

Também parte da exposição de ilustração “Esquecidos”, que resulta da residência artística de Francis.co no Fazunchar 2021, estará patente até ao final de agosto no Museu e Centro de Artes de Figueiró dos Vinhos.

Já em curso está a ação comunitária “Vila Florida”, que recupera uma antiga tradição local, entretanto caída no esquecimento. Segundo a organização, evocando o título de “Vila Florida da Europa”, recebido por Figueiró dos Vinhos em 1998, a população é convidada a construir flores de papel para decorar as ruas do centro histórico. 

Fazunchar completa-se com visitas guiadas, ‘workshops’, piquenique comunitário e jornal de cordel.

Em conjunto, a intenção é “fazer de Figueiró dos Vinhos uma terra do fazer, da partilha com as comunidades locais e também com aquelas que aqui se desloquem temporariamente”.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.