Assinar
Alvaiázere

Vinte e cinco pessoas retiradas de aldeias de Alvaiázere

Deslocados devem regressar a casa esta quarta-feira, avança o presidente do município.

Joaquim Dâmaso

 O incêndio que atingiu na terça-feira, 12 de julho, o concelho de Alvaiázere e que se encontra em fase de consolidação, obrigou à evacuação de aldeias, com registo de 25 deslocados, avançou à agência Lusa o presidente da Câmara.

“Foi um dia muito complicado. Tivemos vários reacendimentos com grande intensidade, o que nos obrigou a evacuar várias aldeias. Cerca de 25 pessoas estão deslocadas e encontram-se no centro de acolhimento. Esperamos que possam regressar às suas habitações ainda hoje”, afirmou João Paulo Guerreiro.

O autarca explicou que a evacuação foi necessária por precaução, uma vez que as chamas se encontravam junto às habitações e porque o fumo era muito intenso.

“O importante é sempre salvaguardar as pessoas e os bens”, salientou João Paulo Guerreiro, que disse aguardar com expectativa o dia de hoje, quando se esperam temperaturas elevadas.

O fogo em Alvaiázere, que se reacendeu na terça-feira, resulta de um incêndio no concelho de Ourém, no distrito de Santarém, que deflagrou na quinta-feira, pelas 16h37.

Segundo o sítio na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, às 11h18, o incêndio estava classificado como em resolução. Estavam no local 454 operacionais, apoiados por 149 viaturas.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.