Assinar
Saúde

“A dor de quem cuida” é tema de debate na Escola de Saúde de Leiria

O encontro tem lugar esta quinta-feira, às 18 horas, com participação da médica Ana Cláudia Quintana Arantes, especialista em Geriatria e Gerontologia.

Ana Cláudia Arantes, médica e autora do livro “A morte é um dia que vale a pena viver”

“Cuidar da Dor: os corpos doem, as pessoas sofrem” é o mote de um ciclo de cinco sessões para cuidadores informais que Ana Cláudia Quintana Arantes, médica geriatra, dinamiza esta semana em Portugal, uma das quais em Leiria.

A iniciativa tem lugar esta quinta-feira, dia 22, às 18 horas, na Escola Superior de Saúde de Leiria (ESSLei).

Especialista em Geriatria e Gerontologia no Hospital das Clínicas da Faculdade Médica da Universidade de São Paulo, no Brasil, com pós-graduação em Psicologia – Intervenções em Luto e especialização em Cuidados Paliativos, Ana Cláudia Arantes é ainda sócia fundadora da associação Casa do Cuidar do Brasil.
Além da dinamização de cursos intensivos dedicados ao envelhecimento e à morte, lançou, em 2019, o livro “A morte é um dia que vale a pena viver”.

Segundo refere, numa nota de imprensa, 90% das mortes acontecem no seguimento de doenças crónicas, tais como doenças oncológicas avançadas e doenças cardiovasculares, entre outras.

A especialista estima ainda que existam, em Portugal, cerca de 96.000 pessoas a necessitar de cuidados paliativos, entre as quais 8.000 crianças.

No entanto, metade dos doentes referenciados “acaba por morrer antes de ter acesso” a estes cuidados especializados, nota, frisando a importância de cuidar dos cuidadores, uma função que grande parte da população terá de assumir ao longo da vida.

A sessão, que pode ser acompanhada presencialmente ou online, conta com uma intervenção de Ana Cláudia Arantes, sobre “Dor total; a dor do corpo e da alma, como avaliar”.

Segue-se uma conversa sobre “A dor de quem cuida”, com moderação de Ana Querido, coordenadora do mestrado em Cuidados Paliativos, da ESSLei, e participação de Liliana Gonçalves e Cristina Capela, em representação da Associação Nacional de Cuidadores Informais, de Adão Rocha, da Associação Portuguesa dos Técnicos Auxiliares de Saúde, e de Acácio Duarte e Zurita Melo, da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.