Assinar
Batalha Exclusivo

A vontade de ser bombeiro é cada vez mais feminina

A vontade de ajudar o outro, o exemplo de familiares e a perspetiva de superação pessoal, são as principais motivações da dezena de candidatos a bombeiros na Batalha

Nove dos dez formandos da ação da corporação da Batalha na manhã de sábado, dia 5

“Os meus pais foram bombeiros, e desde pequenina disse que queria ser bombeira, mas a minha mãe dizia que eu não ia ser bombeira nem aqui nem na China. E aqui estou”. A explicação bem disposta para que, ao sábado de manhã, bem cedo, uma jovem de 17 anos prefira estar numa sala de formação dos Bombeiros Voluntários da Batalha, está sintetizada na frase da jovem Ana Ricardo.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados