Assinar
Cultura

Festivais de música e exposições em destaque na programação cultural de Leiria

Programação cultural do segundo semestre de 2024 foi apresentada hoje no Museu da Imagem em Movimento, em Leiria.

Festivais de música e exposições estão em destaque neste segundo semestre na programação cultural de Leiria, que celebra também o património histórico, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Numa nota de imprensa, a propósito do lançamento, no m|i|mo – Museu da Imagem em Movimento, de mais uma edição da agenda “Leiria Cultura”, o município assinalou que, com o reconhecimento de Leiria pela Unesco como Cidade Criativa da Música, a capital de distrito “destaca-se como um espaço privilegiado para a composição, fusão e cocriação musical”.

“O III Festival Leiria Cidade Criativa da Música, resultado do Concurso Internacional de Composição de Leiria, promete emocionar o público com grandes espetáculos e eventos intimistas que celebram o talento emergente”, divulgou.

Este festival, de 12 a 14 de dezembro, “afirma-se como um momento de agregação criativa que coloca em diálogo os artistas locais com nomes incontornáveis do panorama musical português nos campos da Música Alternativa, Jazz e Música Contemporânea”.

A autarquia adiantou que “as artes visuais também ocupam um lugar de destaque com a exposição ‘Artistas na Fábrica’, dos neorrealistas Manuel Filipe, Tereza Arriaga e Jorge Oliveira”, patente no m|i|mo, e a mostra “Álvaro Siza – Diálogo entre o Passado e o Presente”, no BAG – Banco das Artes Galeria, ambas recentemente inauguradas.

“Neste último semestre, Leiria celebra ainda o seu património histórico, com eventos como a recriação histórica Leiria Medieval, o Ciclo de Música Medieval de Leiria, o Projeto Ágora ou o Extramuralhas – Festival Gótico”, referiu.

O Projeto Ágora, sob o tema “(A) Castelar o Pensamento”, decorre nos dias 3 e 4 de agosto, 7 e 8 de setembro e 5 e 6 de outubro. Inclui concertos, artes performativas, instalações e oficinas, no Castelo de Leiria.

Ainda em agosto, entre os 5 e 10, há o LizBrass – Festival de Metais de Leiria, com “oferta de performances/concertos variados na cidade de Leiria, onde será privilegiada a música para metais”, e o Extramuralhas, de 22 a 24.

Na programação para estes seis meses, agora revelada, há mais exposições e mais música, incluindo concertos da Orquestra de Jazz Leiria com Paulo de Carvalho e de Camané.

Cinema, roteiros literários, teatro, gastronomia, como o “Prove Leiria Doçaria”, o “Leiria sobre rodas” e espetáculos de falcoaria contam-se, igualmente, entre as atividades.

À agência Lusa, a vereadora Anabela Graça, com o pelouro da Cultura, disse que “Leiria é, realmente, um palco de cultura”, sendo que a autarquia continua a consolidar esta “como uma região cultural”.

Anabela Graça realçou “toda a programação da rede de teatros”, José Lúcio da Silva e Miguel Franco, e Cineteatro de Monte Real, assim como a da rede de museus e a do Castelo.

Por outo lado, salientou as exposições “Artistas na Fábrica” e “Álvaro Siza – Diálogo entre o Passado e o Presente”, referindo que a programação está “muito assente no trabalho do associativismo cultural”.

“Esta agenda reflete essa dinâmica de todo o associativismo” que faz “com que Leiria esteja no mapa da cultura em Portugal”, reconheceu a autarca, considerando, como escreve na agenda, que “Leiria respira arte, Leiria é também património, Leiria é cultura para todos”.

A agenda cultural do concelho de Leiria está disponível online no sítio da internet https://leiriagenda.cm-leiria.pt e em versão física nos espaços culturais, patrimoniais e ambientais do município, bibliotecas escolares e mercado municipal.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.