Assinar Edições Digitais
Sociedade

Suspeito de atentado em Pombal detido pela PJ

A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje o presumível autor da prática de um crime de atentado à segurança de transporte rodoviário e de um crime de detenção de arma proibida cometidos em Pombal.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve hoje o presumível autor da prática de um crime de atentado à segurança de transporte rodoviário e de um crime de detenção de arma proibida cometidos em Pombal.

“O indivíduo agora detido é suspeito de ter efectuado um disparo com arma de fogo contra um veículo automóvel em circulação, onde seguiam três pessoas cuja integridade física foi posta em perigo, no início do passado mês de Março, numa localidade do concelho de Pombal”, revela um comunicado da Directoria do Centro da PJ.

O mesmo comunicado esclarece ainda que no decurso das diligências efectuadas, a PJ “apreendeu a arma utilizada na prática do crime, bem como o respectivo carregador e diversas munições”.

O detido, de 45 anos de idade, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para eventual aplicação de outras medidas de coação.

Fonte da Directoria do Centro da PJ adiantou à agência Lusa que se trata de um “crime passional” e que o arguido, empresário de profissão, e vítimas não têm qualquer relação familiar.

Segundo a mesma fonte, a situação ocorreu numa estrada da freguesia de Vermoil e na viatura encontrava-se um casal e uma adolescente.