Assinar Edições Digitais
Sociedade

Empresário que alvejou assaltante acusado de homicídio qualificado

Homicídio qualificado, detenção de arma proibida e de ofensa à integridade física. Estes são os crimes pelos quais António Bastos, administrador da SAD da União de Leiria e proprietário da empresa Madiver, de Porto de Mós, é acusado pelo Ministério Público.

Homicídio qualificado, detenção de arma proibida e de ofensa à integridade física. Estes são os crimes pelos quais António Bastos, administrador da SAD da União de Leiria e proprietário da empresa Madiver, de Porto de Mós, é acusado pelo Ministério Público.

António Bastos (foto de arquivo)

A acusação reporta-se ao caso da morte de um homem, com tiro de caçadeira, a 16 de Outubro do ano passado, nas instalações da empresa de materiais de construção.

De acordo com a acusação do Ministério Público, hoje citada pelo Diário de Leiria, o empresário terá disparado sobre o alegado assaltante – entretanto algemado por elementos da GNR – com uma caçadeira.

A vítima acabaria por falecer pouco depois, sucumbindo aos ferimentos causados pelo disparo.