Assinar
Desporto

Vuvuzelas são fabricadas na Marinha Grande

As vuvuzelas fazem parte da festa dos adeptos no futebol sul-africano e prometem tornar-se um dos símbolos do Mundial 2010. Em Portugal, elas são feitas na Marinha Grande.

As vuvuzelas fazem parte da festa dos adeptos no futebol sul-africano e prometem tornar-se um dos símbolos do Mundial 2010. Em Portugal, a Galp tem distribuído milhares destes instrumentos de sopro, que compra à Espaçoplas, na Marinha Grande.

O negócio começou a ser delineado há dois meses. A Galp solicitou moldes e testes de produção, avançando depois para as encomendas: 250 mil unidades em cor de laranja, até esta semana.

“Tem um peso importante na nossa facturação, mas o mais importante para nós é o facto de estarmos ligados à Galp, que é uma casa com prestígio”, refere Carlos Silva, sócio e director-geral da Espaçoplas.

A empresa da Marinha Grande dedica-se ao fabrico de embalagens em plástico e está sobretudo vocacionada para o mercado alimentar e da farmacêutica, que representa 70 por cento da produção. Entre os clientes estão a Nutrigreen e o Pingo Doce.

No ano passado, a Espaçoplas facturou 4,3 milhões de euros, exportando actualmente cerca de 15 por cento, com Alemanha, Holanda e França à cabeça. Emprega 70 pessoas e vai mudar de instalações nos próximos
meses, fruto de um investimento próximo dos três milhões de euros.

Os sócios são Carlos Silva, Júlio Logrado, Luís Roque e Armindo Neto.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.