Assinar Edições Digitais
Sociedade

Batalha: Descarga poluente mata peixes no rio Lena

Uma descarga poluente no rio Lena provocou a morte de uma grande quantidade de peixes na zona da vila da Batalha. Uma exploração suinícola já identificada terá sido a responsável pela descarga.

Uma descarga poluente no rio Lena provocou a morte de uma grande quantidade de peixes na zona da vila da Batalha. Uma exploração suinícola já identificada terá sido a responsável pela deterioração da qualidade da água.

Descarga provocou a morte de um grande número de peixes

A descarga foi detectada ontem, quinta-feira, e chegou a ser denunciada por SMS: “a água do rio Lena, perto do jardim da Célula B, está castanha e há bastantes peixes mortos”, podia ler-se numa das mensagens que denunciaram o atentado ambiental.

Uma observação directa do leito do rio entre a ponte das Cancelas e a Ponte Nova e permitiu verificar que o caudal de água aumentava a partir do ponto onde desagua o ribeiro da Calvaria, também conhecido por ribeiro do Cano.

Carlos Henriques, vereador da Câmara da Batalha, confirma que “foi detectado que houve uma descarga vinda de uma pecuária” e que a ocorrência “está a ser investigada pela GNR do Posto da Batalha”.

Para além disso e “de modo a purificar a água do rio Lena”, a autarquia “está a efectuar descargas de água limpa, dos depósitos do antigo IVV (Instituto da Vinha e do Vinho)”, adiantou o autarca.

Armindo Vieira

Delegação da Batalha