Assinar
Mercado

Ondas de S. Pedro de Moel vão ajudar Portugal a liderar energias renováveis

O combate ao défice comercial e ao endividamento externo também passa pelo desenvolvimento das energias renováveis, sector em
que Portugal quer ser líder.

O combate ao défice comercial e ao endividamento externo também passa pelo desenvolvimento das energias renováveis, sector em
que Portugal quer ser líder.

Quem o diz é o primeiro-ministro, que reforça a ideia, há dias, na abertura de uma conferência em Lisboa. Nesta estratégia, a Marinha Grande ocupa um lugar especial, pois recebeu uma das primeiras zonas piloto no mundo para aproveitamento da energia das ondas.

Em 15 quilómetros de costa, a concessionária REN vai investir 10 milhões de euros, para já. A concessão é por 45 anos. Estão envolvidas as empresas Oceanlix, Wavebob e Martifer Energia.

A viabilidade comercial deste projecto pode ser alcançada dentro de 10 anos, de acordo com as expectativas do Governo.

Nesta fase, estão criadas as condições para se passar do papel à fase pré-comercial. A assinatura do contrato de concessão com a REN decorreu a 20 de Outubro, na Praia das Pedras Negras.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.