A Polícia Judiciária de Leiria deteve um homem, de 28 anos, suspeito da prática de vários crimes de burla qualificada e de falsificação de documentos, cometidos na zona de Leiria e noutros locais da zona Centro do país.

Segundo a PJ, o indivíduo tem antecedentes policiais e “faz da burla um modo de vida, tendo sido já identificadas dezenas de situações, que no seu conjunto causaram um elevado prejuízo patrimonial às vítimas”.

O suspeito já tinha sido detido no início do ano de 2010 e estava obrigado a apresentações diárias às autoridades policiais da sua área de residência.

Violou contudo tal medida, tendo-se ausentado para local desconhecido, “prosseguindo a sua actividade delituosa, fazendo-se passar por inspector da ASAE para, ilicitamente, obter dinheiro dos comerciantes”, revelou hoje a PJ.

A operação foi desenvolvida através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ, em estreita colaboração com a ASAE.
O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas, acrescenta o comunicado.