Assinar
Desporto

Instalação de mini-campos na região está por concluir

A prática desportiva informal e de proximidade através de mini-campos não chegou a toda a região. Há campos fechados, mal localizados e por instalar. Mas há casos de sucesso

“Queremos inundar este país com estes campos”, disse Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, em 2009,  aquando da segunda fase da Medida “Mini-Campos Desportivos”, que previa a instalação de cinco estruturas para  Leiria.

Dois anos depois,  algumas infraestruturas estão concluídas e em franca actividade, enquanto outras sofreram “infiltrações” ou meteram mesmo água.

Vamos por partes. O distrito foi abrangido, no total, com dez mini-campos, entre 2007 e 2008. Desses, apenas seis  satisfazem por completo a actividade das populações.

Pombal é um exemplo de sucesso e o recinto no Jardim do Vale, é utilizado diariamente por dezenas de crianças e jovens.

A Sul existem mini-campos sintéticos na Nazaré, Bombarral e Benedita, todos eles bastante frequentados. Todavia, no  último caso, o campo ainda não foi homologado, informou fonte da autarquia.

Cenário bem diferente é o do único campo projectado para o concelho de Leiria, na freguesia de Monte Redondo que  parou logo no arranque e, tudo indica, não deverá ser concluído.

Leia quais as razões e o estados dos outros mini-campos na edição em papel de 21 de Abril de 2011.

 

Marina Guerra
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.