Assinar
Sociedade

EDP cede terreno para ampliar campo militar de São Jorge

A área onde esteve o exército castelhano na Batalha de Aljubarrota, em São Jorge, Porto de Mós, vai ser recuperada com a cedência, ontem, quarta-feira, de terrenos da EDP Distribuição à Fundação Batalha de Aljubarrota (FBA).

A área onde esteve o exército castelhano na Batalha de Aljubarrota, em São Jorge, Porto de Mós, vai ser recuperada com a cedência, formalizada ontem, quarta-feira, de terrenos da EDP Distribuição à Fundação Batalha de Aljubarrota (FBA).

“Com esta cedência, gratuita, a fundação pode recuperar do ponto de vista paisagístico uma parte do campo da Batalha de Aljubarrota onde, inicialmente, se posicionou o exército castelhano”, refere o presidente da FBA, Alexandre Patrício Gouveia.

O responsável explicou que a distribuidora eléctrica nacional tem uma subestação em São Jorge de que “não necessitava da totalidade dos terrenos”, tendo decidido, “em vez de os vender, permitir a sua utilização para outro fim”.

Elogiando a atitude da empresa, Alexandre Patrício Gouveia adiantou que a FBA tem agora mais cerca de um hectare e meio de área para valorizar assim que o projecto de recuperação esteja concluído.

“Temos de fazer um projecto de arranjo paisagístico que inclui a demolição de alguns imóveis ou o tratamento do terreno”, referiu o responsável, acreditando que “dentro de três a quatro meses” seja possível encetar o investimento, cujo valor ainda não está quantificado.

 

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.