Assinar Edições Digitais
Sociedade

Obras comprometidas no bairro Sá Carneiro

A falta de verbas está a atrasar a requalificação do bairro Sá Carneiro, em Marrazes, Leiria. A obra não parou completamente, mas há meses que a construção está em “serviços mínimos”.

A requalificação do bairro Sá Carneiro, em Marrazes, Leiria, não está apenas atrasada alguns meses.

Bairro Sá Carneiro (fotografia: António Baptista Coelho)

Em causa está mesmo a falta de verbas que permitam à Nova Habitação Cooperativa (NHC) – responsável pela gestão do bairro desde 2004 – fazer os respectivos pagamentos, nomeadamente à empresa construtora (Monterg, SA), que não parou completamente a obra, mas há meses que a mantém nos mínimos.

António Pinto, administrador da empresa, confirmou ao REGIÃO DE LEIRIA a existência de uma dívida na ordem dos 700 mil euros, remetendo explicações para Manuel Tereso, presidente da NHC.

A falta de dinheiro por parte do próprio IRU (Instituto de Reabilitação Urbana) foi apontada esta semana por Manuel Tereso, que no entanto espera ver a situação resolvida em breve.

“Tivemos que fazer um novo financiamento, mas se tudo correr bem a obra deverá estar concluída até final de Novembro”, disse.

Aquele responsável justificou o atraso não apenas com a falta de libertação de verbas por parte do IRU, mas também com a alegada entrega tardia das candidaturas, por parte da Câmara Municipal de Leiria, no âmbito do programa Solar, destinado a apoiar os proprietários de 37 habitações, a que se juntam nove da própria Câmara, num universo de 218 apartamentos.

Confrontado pelo REGIÃO DE LEIRIA, o presidente da Câmara desmente o atraso e sugere que essa é “uma má desculpa” para justificar o atraso nos pagamentos ao empreiteiro.

Paula Sofia Luz
paula.sofia@regiaodeleiria.pt