Assinar Edições Digitais
Sociedade

Ensino politécnico ou de ciências aplicadas?

Há muito que o Instituto Politécnico de Leiria reclama o estatuto de universidade, tendo os sucessivos responsáveis defendido essa transformação nos últimos anos.

Há muito que o Instituto Politécnico de Leiria (IPL) reclama o estatuto de universidade, tendo os sucessivos responsáveis defendido essa transformação nos últimos anos. A solução poderá passar pela alteração da designação dos institutos politécnicos por universidades de ciências aplicadas (UCA), como preconizou na passada semana o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) que se reuniu segunda-feira, em Leiria.

“Designar os institutos politécnicos de UCA é importante não só internamente como para a sua compreensão e afirmação em termos internacionais”, sustenta o CCISP.

“Há um estereótipo relativamente ao nome pela forma como foi criado o ensino superior em Portugal”, referiu João Sobrinho Teixeira, presidente do CCISP e vice-presidente da direção da Rede Europeia das UCA, realçando a importância de o sistema politécnico português ser avaliado com outros politécnicos europeus.

Sublinhando o papel que os politécnicos têm para o desenvolvimento das regiões e o seu contributo para o aumento do índice de qualificação das populações, o responsável considera necessário reorganizar a rede de ensino superior, com a constituição de consórcios temáticos ou regionais, para aproveitar recursos.

(notícia publicada na edição de 11 de maio de 2012)

MR