Assinar Edições Digitais
Cultura

Souvenirbox propõe postais e estatuetas no lugar dos "snacks"

Empresário de Leiria criou um novo conceito de vending no turismo: a máquina que tem Portugal lá dentro. Entretanto, já pode experimentar a Souvenirbox no Castelo de Leiria.

E se em vez de chocolates ou bebidas, as máquinas de vending estiverem recheadas de postais, agendas e estatuetas alusivas à paisagem e cultura de Portugal? Foi assim que Bruno Gaspar se lembrou de lançar Souvenirbox, projeto que está a funcionar no Castelo de Leiria e que, em breve, poderá surgir noutros pontos turísticos do país.

A máquina de vending comercializa postais, ímanes, agendas e estatuetas criadas por Bruno Gaspar

“A ideia é encontrar Portugal lá dentro. Põe-se uma moeda e tira-se uma recordação do sítio que se visita”, explica o artista e empresário de Leiria.

No Castelo, é possível adquirir agendas, caixinhas de lápis de cor, postais e ímanes, todos com ilustrações originais de monumentos e paisagens.

Futuramente, uma máquina que estiver em Fátima pode vender miniaturas de Nossa Senhora ou postais dos Pastorinhos.

No lugar dos snacks e refrigerantes, a Souvenirbox também poderá disponibilizar reinterpretações do Galo de Barcelos, avança o criador. “Para já, arranca com produtos de norte a sul de Portugal”.

Nesta fase de teste, os preços praticados variam entre os 80 cêntimos e os 3 euros. “O projeto vai avançar devagar, mas gostava que chegasse a pontos turísticos da região e sítios estratégicos para o turismo do país, como o Aeroporto de Lisboa”, exemplifica Bruno Gaspar, que, por enquanto, é o autor exclusivo dos trabalhos.

Mais tarde, a intenção é contar com outros criadores na “ementa” da Souvenirbox: “Gostava de dar oportunidade a fotógrafos, designers e artistas, que existam num raio de 50 quilómetros em redor de cada máquina”.

ML