Assinar Edições Digitais
Sociedade

Francesinhas, sardinhas e leitão para deliciar Leiria

Há três festivais em Leiria para fazer as delícias de quem gosta de leitão, sardinha e francesinhas. Saiba aqui os pormenores de cada um deles.

Há três festivais em Leiria para fazer as delícias de quem gosta de leitão, sardinha e francesinhas. Saiba pormenores de cada um deles.

A estaladiça capital do leitão

p55_leitao 00Os verdadeiros apreciadores de leitão assado gostam não só do sabor da carne, como também da pele estaladiça.

É isso, e muito mais, que vai converter, durante 11 dias, Leiria na capital gastronómica do leitão, à moda da Boa Vista.

O Mercado de Sant’Ana será palco, a mesa e tudo mais desta iniciativa que oferece a oportunidade de provar esta iguaria da região centro, confecionada e servida de diversas formas por seis restaurantes especializados.

Os fãs de leitão podem ainda assistir a sessões de cozinha ao vivo, com chefes famosos, e conciliar a experiência gastronómica com o portefólio de cervejas.

O Mercado do Leitão da Boa Vista, que marca o início da temporada de festivais dos Super Gastronómicos de 2014, começou quinta-feira e decorre até dia 6 de julho. A entrada custa 3 euros.

Cheira a sardinha no Pedrógão

p55sardinhasO característico cheiro a sardinha assada invade, desde quinta-feira, a Praia do Pedrógão. Até domingo, os fãs desta maravilha gastronómica, podem deliciar-se em mais um Festival da Sardinha, onde também há uma exposição de fotografia, animação e tendas de artesanato.

A sardinha e o que melhor a acompanha, como a broa e os pimentos, serão servidos por oito restaurantes.

Na 17ª edição, a grande aposta é a logística. “As condições vão ser as melhores de sempre. Vamos ter uma tenda transparente, muito agradável, nem o estado do tempo será um constrangimento”, declara Luís Pinto, da organização.

São esperadas cerca de cinco mil pessoas, mas há a expectativa de ir até “ao 7 a 10 mil participantes”. O festival assa sardinhas até 29 de junho.

Dezenas de francesinhas únicas

NEG francesinha knegra 35 0511A receita do sucesso da francesinha que Leiria serve no próximo sábado, dia 28, é o modo como é preparada.

“A confeção estará a cargo de uma equipa diversificada, com elementos que vêm um pouco de todo o país, daí o sabor desta francesinha ser tão distinto”, revela Nuno Soares, membro da tuna masculina do IPL, que organiza o II Festival da Francesinha. Resultado: não há uma, mas dezenas de francesinhas únicas.

A Trovantina espera perto de 100 participantes no festival e, por isso, “vão ser confecionados cerca de 120 pratos”. A tuna anima o evento e terá à venda a sua bebida típica, a sangria da Trovantina.

O festival acontece num único dia, nos claustros do antigo magistério, junto à GNR de Leiria.

O menu custa 7 euros e deve ser feita marcação para eventotrovantina@gmail.com.