Assinar Edições Digitais
Cantinho dos Bichos

Chineses gastam fortunas com animais domésticos

As últimas estatísticas indicam que cerca de 7% dos lares chineses têm um cão e 2% adotaram um gato. Estima-se que, nos próximos cinco anos, o valor da indústria dos cuidados com animais suba 43%, gerando até 2,2 mil milhões de dólares

Banhos refrescantes, tratamentos de beleza, massagens, tosquia, acessórios,… um sem número de atividades que os donos de animais de estimação na China estão a utilizar para cuidar do seu melhor amigo.

cachorro-pintadoA notícia, divulgada pela CNN, revela que os chineses estão a gastar milhões em cuidados com os seus animais domésticos. E dá o exemplo de Phoebe Yu e o marido, que vivem em Xangai com quatro gatos e dois cães. Por mês, pagam 600 dólares (cerca de 470 euros) em comida e banhos, a que se somam as despesas de saúde (245 dólares, cerca de 193 euros, para o check up anual de cada animal) e as roupas no inverno ou os banhos de água termal.

“Levo os meus cães e gatos ao salão de beleza para manutenção. No verão, tomam banhos refrescantes para relaxar e, às vezes, fazem máscaras de lama no spa”, disse Phoebe, de 36 anos, à cadeia de televisão norte-americana.

Sem filhos, o casal entende que não tem tanta preocupação com o excesso de poluição ou a insegurança no que respeita aos animais de estimação. “Só tenho de garantir que comem o suficiente, que estejam agasalhados e não tenham acidentes de maior”, explica.

As últimas estatísticas indicam que cerca de 7% dos lares chineses têm um cão e 2% adotaram um gato. No entanto, a empresa Euromonitor estima que, nos próximos cinco anos, o valor da indústria dos cuidados com animais suba 43%, gerando até 2,2 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros).

A procura de produtos gourmet e serviços de luxo para animais tem também vindo a aumentar exponencialmente a oriente. Marcas como a Purina, por exemplo, estão a apostar em novas receitas e a concentrar a produção na China.

Acupuntura, pinturas e permanentes no pelo, manicures e ioga para cães são algumas das novidades que a China está a oferecer aos amantes dos amigos de quatro patas. Por exemplo, 15 minutos de massagens de relaxamento ou de prevenção de problemas nos ossos, como a artrite, custam 20 dólares (cerca de 15 euros).

Outro dos sectores em crescimento é o das seguradoras: um seguro para um animal de estimação pode custar mais de 400 euros por ano, revela a imprensa chinesa.