Assinar
Sociedade

Vereadora descreve encontro de refugiados com o Papa: "inesquecível"

A família de refugiados iraquianos que foi acolhida na Batalha, foi encontrou-se há minutos com o Papa Francisco.

A família de refugiados iraquianos que foi acolhida na Batalha, foi encontrou-se há minutos com o Papa Francisco.

Família de refugiados iraquianos chegou ontem aos Santuário Foto: Joaquim Dâmaso
Família de refugiados iraquianos chegou ontem aos Santuário
Foto: Joaquim Dâmaso

Cíntia Silva, vereadora da ação social da Câmara da Batalha, elemento do executivo que tem acompanhado de perto a família iraquiana que se encontra a viver na freguesia de São Mamede, na Batalha, esteve no encontro com o Papa, que ocorreu à entrada da Casa Carmo. Cíntia Silva descreve a experiência como “inesquecível”.

Segundo a autarca, a família iraquiana ofereceu uma imagem de Nossa Senhora de Fátima ao Papa Francisco e o mun

icípio da Batalha ofereceu uma salva. “Foram eles [a família] quem comprou a imagem e fez o embrulho”, explicou Cíntia Silva.

O encontro durou cerca de cinco minutos: “o Papa ainda falou algum tempo com a matriarca da família e com o Jamal [outro elemento do grupo de refugiados] mas a segurança solicitou que o encontro fosse rápido”, acrescentou a vereadora. “O Papa pediu-nos para rezar, cumprimentou a família, o senhor Presidente da Câmara e as pessoas da delegação de Itália, foi um momento inesquecível”, descreve ainda.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.