Assinar
Sociedade

Politécnico de Leiria anuncia abertura de 1.900 vagas para o próximo ano letivo

No ano letivo que arranca em setembro, o Instituto Politécnico de Leiria vai contar com 1.900 vagas. O instituto de Leiria mantém o número de vagas de 2016/2017.

No ano letivo que arranca em setembro, o Instituto Politécnico de Leiria vai contar com 1.900 vagas. O instituto de Leiria mantém o número de vagas de 2016/2017.

De acordo com uma nota do politécnico da cidade do Lis, a oferta para o próximo ano contempla 54 cursos, nas áreas de educação e ciências sociais, engenharia e tecnologia, artes e design, turismo, saúde e desporto, ciências e tecnologia do mar, e ciências empresariais e jurídicas.

Este leque de opções foi recentemente complementado com a licenciatura em Engenharia Alimentar – com mobilidade entre Leiria (Peniche), Bragança e Viana do Castelo -, bem como com a formação em Gestão de Restauração e Catering, Dietética e Nutrição, e Programação e Produção Cultural.

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) conta com o maior número de vagas: 711. Seguem-se as escolas superiores de Artes e Design (348), de Educação e Ciências Sociais (325), Turismo e Tecnologia do Mar (286) e de Saúde (230).

A nível nacional e de acordo com os dados disponibilizados pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), os cursos de Saúde, Engenharias e Ciências Empresariais são os que têm maior número de vagas no concurso nacional de acesso ao ensino superior, mas é Informática que regista a maior subida, com mais 164 vagas face a 2016-2017, revela a análise da agência Lusa.

Saúde tem 6.737 vagas disponíveis este ano para candidatos ao ensino superior, mais do que as 6.716 registadas no ano anterior. Engenharias e Técnicas Afins regista o maior número de vagas por área de estudo (9.063), o que representa menos 20 vagas do que no ano anterior.

Seguem-se as ciências Empresariais com 7.598 lugares contra os 7.557 de 2016-2017.

Numa lista marcada por alterações no número de vagas por área de estudo na ordem das dezenas, Informática sobressai pelo acréscimo de 164 vagas em relação às levadas a concurso no ano anterior.

Numa análise por instituição pública de ensino superior, a estabilidade no número de vagas é a nota dominante, com duas exceções: o politécnico de Bragança que ganha quase 100 lugares enquanto o politécnico de Santarém perde quase 50.

O número de vagas no ensino superior aumenta este ano pelo segundo ano consecutivo, mas de forma residual, com um crescimento de 150 lugares que coloca oferta nas 50.838 vagas nas universidades e politécnicos públicos.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.