Select Page

Planos municipais de emergência desativados em Pombal e na Batalha

O fogo que devastou o Pinhal de Leiria (na foto) também atingiu a Mata do Urso, em Pombal Foto: Joaquim Dâmaso

Os Planos Municipais de Emergência de Proteção Civil (PMEPC) foram desativados em Pombal e na Batalha, tendo também terminado o período decretado pelo Governo para o Estado de Calamidade. 

O fogo que deflagrou no domingo na Burinhosa, concelho de Alcobaça, atravessou os concelhos da Marinha Grande e de Leiria e chegou a Pombal cerca das 21 horas, atingindo a Mata Nacional do Urso nas freguesias de Guia, Ilha, Mata Mourisca e Carriço. Durante a madrugada de segunda-feira, foram evacuadas as localidades de Alhais, Fontinha, Silveirinha e Claras.

As chamas deixaram no concelho um rasto de destruição havendo registo de uma casa ardida, diversos barracões agrícolas destruídos, animais queimados e danos na sinalética e na Estrada Atlântica, que esteve cortada. Enquanto o incêndio não foi dada como extinto, vários acessos a localidades da freguesia do Carriço estiveram condicionados.

Na segunda-feira, cinco estabelecimentos de ensino – no Grou e Meirinhas – estiveram encerrados devido ao fumo, assim como as piscinas municipais a partir da tarde desse dia.

O PMEPC de Pombal foi desativado esta madrugada, enquanto o da Batalha, que enfrentou incêndios em S. Mamede e Reguengo do Fetal, foi suspenso na terça-feira de manhã. Os fogos deflagraram na noite de domingo e madrugada de segunda-feira nas freguesias de São Mamede e Reguengo do Fetal .

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Semana de Moldes 2018

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a criação de um imposto para financiar a Proteção Civil?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Share This