Select Page

Temperaturas descem após a passagem da tempestade Ana

A noite foi de sobressalto, com ventos fortes e precipitação, tendo-se registado cerca de 200 ocorrências. Os efeitos da tempestade Ana, formada a noroeste da Península Ibérica, fizeram-se sentir durante toda a noite e madrugada, com a tranquilidade meteorológica a regressar ao amanhecer.

O portal MeteoLeiria registou durante 24 horas em timelapse as condições atmosféricas. Na cidade de Leiria, o vento chegou a soprar acima dos 75 km/h.

Para hoje, o distrito de Leiria continua sob aviso laranja, até às 15 horas, com principal incidência na agitação marítima, onde se podem registar ondas de sudoeste de 5 a 6 metros, podendo atingir os 10 metros de altura máxima, passando as ondas a noroeste.

O aviso irá diminuir depois para aviso amarelo, devido à agitação marítima, até às 18 horas de terça-feira.

Os termómetros vão diminuir. Para hoje, segunda-feira, a máxima registada será de 13ºC e a mínima de 6ºC. Na terça-feira, dia 12, as temperaturas mínimas rondam os 3ºC e as máximas os 14ºC, e na quarta-feira, com céu muito nublado, a temperatura máxima será de 15ºC e a mínima de 4ºC. A chuva só regressa na quinta-feira, com ligeiro aumento das temperaturas mínima e máxima.

O distrito de Leiria registou cerca de 200 ocorrências, a maioria na sequência de quedas de árvores, mas sem qualquer gravidade, informou o comandante Distrital de Operações de Socorro de Leiria, Sérgio Gomes.

As ocorrências foram registadas “um pouco por todo o distrito”, com maior incidência nos concelhos de Leiria, Alcobaça e Pombal.

“O maior número de incidentes foi relacionado com quedas de árvores. Houve ainda quedas de estruturas exteriores, ‘outdoors’, sinais de trânsito, placas e coberturas”, revelou o comandante, acrescentando que se verificaram “pequenas inundações”.

“Felizmente, nenhuma destas ocorrências teve alguma gravidade”.

Em todo o país, a Proteção Civil registou durante a madrugada de hoje mais de 3.010 ocorrências relacionadas com o mau tempo, que provocou mais de 1.900 quedas de árvores, 346 inundações e 34 deslizamentos de terras.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Relatório do Parlamento propõe estudar quotas em universidades para negros e ciganos. Concorda?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This