Assinar Edições Digitais
Leiria

Edifício do Banco de Portugal comemora 90 anos e convida antigos funcionários

Construído a partir do projeto do arquiteto suíço Ernesto Korrodi, o edifício do Banco de Portugal foi inaugurado há 90 anos, numa das mais nobrez zonas da cidade de Leiria. Hoje é um dos ex-libris da cidade.

Imagens: Coleção Fernando Rodrigues

Construído a partir do projeto do arquiteto suíço Ernesto Korrodi, o edifício do Banco de Portugal foi inaugurado há 90 anos, numa das mais nobres zonas da cidade de Leiria. 

A traça é inspirada naquilo que o próprio Korrodi designava como arquitetura tradicional da primeira metade do século XVIII, própria de edifícios apalaçados. À época, o jornal “O Mensageiro” deu nota da abertura da agência, salientando o “aspecto elegante no exterior, com todos os requisitos que o movimento daquele estabelecimento exige”, realçando que foram “utilizados os mais ricos mármores da região e do país e as mais belas madeiras…”.

O mesmo jornal, em novembro de 1928, noticiava que o primeiro empregado contratado para o banco era o caixeiro José Teixeira Gomes da Silva. Até janeiro de 1929, em Leiria, o banco central da república portuguesa funcionara em instalações, modestas, do Governo Civil.

Para assinalar os 90 anos da inauguração do edifício, o município de Leiria organiza esta quinta-feira, dia 17 de janeiro, às 17 horas, uma sessão com visita guiada e partilha de histórias por quem trabalhou naquele espaço, atualmente dedicado à cultura.