Assinar Edições Digitais

Tem tido frio? Nos próximos dias a situação deverá piorar

Se o frio dos últimos dias tem sido um incómodo, a situação deverá agravar-se já a partir de amanhã, quinta-feira. Às baixas temperaturas, que deverão descer mais um pouco, junta-se o vento. Resultado? O desconforto térmico vai aumentar. Quem o avisa é o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Se o frio dos últimos dias tem sido um incómodo, a situação deverá agravar-se já a partir de amanhã, quinta-feira. Às baixas temperaturas, que deverão descer mais um pouco, junta-se o vento. Resultado? O desconforto térmico vai aumentar. Quem o avisa é o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Esta quarta-feira, o IPMA emitiu uma nota sobre o aumento do desconforto térmico, que se prevê para quinta, sexta-feira e sábado, pelo menos. Se a “massa de ar polar” que já influenciava o estado do tempo no continente era suficiente para fazer sair da gaveta os agasalhos de inverno, chega agora “uma massa de ar com caraterísticas de ar Ártico sobre Portugal continental”.

Desta forma, a temperatura mínima desce já amanhã, quinta-feira, no interior do norte e centro. Na sexta-feira, a descida chega ao restante território. As temperaturas mínimas e máximas deverão cair (descidas da ordem de 2 a 4°C).

Adicionalmente, “prevê-se um aumento do desconforto térmico até dia 12, devido à intensificação do vento do quadrante leste, sobretudo nas terras altas, onde deverá soprar moderado a forte (até 50 km/h), e por vezes com rajadas até 65 km/h em especial no Norte e Centro e até meio da manhã”, refere o IPMA.

Para Leiria, o IPMA prevê temperaturas mínimas a cair dos dois graus de quinta-feira até aos zeros graus previstos para sábado, domingo e segunda. Por sua vez, nos próximos dias as temperaturas máximas não deverão ultrapassar os 15 graus, sendo que na sexta-feira não ultrapassam os 14 graus.

Ainda assim, o sol vai continuar a brilhar num céu sem nebulosidade.