Select Page

Dux: Uma nova morada para petiscos e vinho a copo em Leiria

O bom filho à casa torna. A parábola bíblica poderia bem resumir a volta definitiva de Luís Marques à cena gastronómica de Leiria, mas o feito que veio acompanhado da estreia de uma marca de Coimbra por cá vai um pouco mais além. Para início de conversa, a escolha de estabelecer ofício definitivo na cidade não é novidade. Já há três anos ele e outros dois sócios procuravam uma loja para reproduzir o padrão Dux no distrito. “A ideia era abrir no centro da cidade, mas não conseguimos um espaço que nos encantasse”, conta o chef e gestor. O negócio acabou por fixar morada na cave transversal a rua Paulo VI e abriu as portas no primeiro fim de semana de fevereiro, após um mês intenso de reforma onde anteriormente serviu de vários estabelecimentos do ramo. O alerta de que o local seria uma espécie de cemitério para restaurantes não teve efeito sobre o cozinheiro formado pela Escola Profissional de Leiria. “É isso que nós queremos mudar”, garante, confiante, enquanto vê o salão começar a encher ainda no início do serviço.

Da cidade banhada pelo rio Mondego veio o conceito de maior sucesso da marca: Petiscos e vinhos. Mas erra quem desconfia se tratar de mais do mesmo. No salão iluminado, quase todo em madeira, o diferencial está nos detalhes. Desde a loiça em cerâmica, trazida de um atelier do Porto, até o escanção que antes circulava pelo DOC, do estrelado Rui Paula, no Dux – Cidade do Lis o trato é cuidado e vem apresentado em bom tom pela equipa. “Tem que ser. Senão seremos mais um restaurante, igual aos outros”, sublinha o sócio proprietário. Dentro desta lógica, a manteiga do couvert é dos Açores, a maionese de alho e salsa é feita na casa e dos 150 vinhos dispostos na garrafeira, à vista logo na entrada, 20 estão disponíveis a copo e 6 são de marca própria.

Jessica Germano
Jornalista
jessica.m.germano@regiaodeleiria.pt

Fotos: Joaquim Dâmaso

No cardápio, os clássicos tipos para partilhar marcam presença, mas não sem antes trazerem consigo a assinatura que Luís Marques contruiu ao passar pelo Marriott, em Óbidos, e pelo Terreiro do Paço, em Lisboa. Sendo assim, os cogumelos são finalizados com linguiça e ovo com gema mole, enquanto o Pica-Pau é de atum e a morcela de arroz vem servida crocante com purê de maçã. Na secção doce, mais personalidade: o pudim feito com queijo Serra da Estrela, e escoltado por sorbet (sorvete sem leite) de tangerina, concorre aos pedidos finais juntamente com o leite creme aromatizado com tomilho e a mousse de chocolate com fava de mel. A propósito, dux, em latim, significa guiar ou comandar. Nada mais apropriado para uma experiência que pretende levar pela mão em direção aos sabores, sejam eles empratados ou a copo.

Dux – Cidade do Lis

Rua Da Moura, Lote 3,Cave, Vale Sepal, Leiria
+351 244 210 576
Capacidade: 50 pessoas
Preço médio: 15-20€
Menu de almoço: de terça a sexta com couvert, prato de peixe ou carne, bebida e café – 8,50€

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A restrição do horário dos bares em Leiria é suficiente para resolver os problemas do ruído?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This