A Câmara de Leiria está a preparar a construção de uma ciclovia que cruza os concelhos de Leiria, Batalha, Porto de Mós e Marinha Grande, para acompanhar os rios Lis e Lena da nascente até à foz, anunciou hoje a autarquia.

O plano, que envolve aqueles quatro municípios do distrito de Leiria, enquadra-se num projeto de criação de novas ciclovias, e foi abordado por Raul Castro no II Simpósio Ibérico de Segurança Rodoviária, que decorre até 8 de março na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria.

“Estamos a fazer um levantamento para ligar o percurso do rio Lena, que vem de Porto de Mós e da Batalha até Leiria, com o rio Lis, desde as Cortes – não vamos até à nascente porque é complicado – à foz, na Praia da Vieira de Leiria”, explicou.

O levantamento, “que está a ser feito de forma faseada”, está já completo no troço entre Cortes e Leiria.

“Estamos em vias de adjudicar o projeto a um professor universitário com experiência, Pedro Teiga [coordenador do Projeto Rios], e vamos ver se as coisas correm como esperamos”, acrescentou Raul Castro, que espera completar o levantamento “em breve” e avançar decisivamente com o projeto “no próximo ano”.

A intenção é “criar mais um espaço para as pessoas fruírem, em contacto com a natureza”, mas também encontrar uma solução de acompanhamento da qualidade das linhas de água.

“Queremos que quem use essas ciclovias seja, também, vigilante dos leitos dos rios, que por vezes são contaminados pela ação humana. Contamos que os utilizadores ajudem à vigilância ambiental, alertando para situações anómalas que encontrem”, acrescentou.