Dois suspeitos do crime de violência doméstica nos concelhos de Caldas da Rainha e Porto de Mós, no distrito de Leiria, ficaram em prisão preventiva, anunciou hoje a GNR.

O Comando Territorial de Leiria, através do Posto Territorial de Porto de Mós e do Posto Territorial de Caldas da Rainha, deteve dois homens, de 59 e de 67 anos, pelo crime de violência doméstica, nos concelhos de Porto de Mós e das Caldas da Rainha, adianta aquela organização policial em comunicado.

Segundo a GNR, os detidos foram presentes ao juiz de instrução dos tribunais dos respetivos concelhos, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A GNR informa que, na sequência da investigação por violência doméstica em Porto de Mós, “apurou-se que o suspeito, de 59 anos, exercia violência psicológica sobre a sua esposa, de 61 anos, ameaçando-a de morte”.

Das diligências realizadas, a GNR deu cumprimento a um mandado, culminando na detenção do suspeito.

Já em Caldas da Rainha, decorria um outro inquérito pelo mesmo tipo de crime, em que o “homem agredia fisicamente e ameaçava de morte a sua companheira, com 60 anos, que culminou no cumprimento de um mandado, que levou também à detenção do suspeito”.

Agência Lusa