Select Page

Meeting: Há uma nova casa para reuniões em Leiria

O novo restaurante da Nerlei propõe um ambiente para conversas enquanto serve uma cozinha mediterrânea inspirada no mundo

Quando o calendário marcar 1 de julho, na próxima segunda-feira, completam-se 20 anos exatos desde que Nuno Pereira inaugurou o seu primeiro negócio, o restaurante de buffet diário que ganhou vida no centro de Leiria, Manjar dos Sabores. Mas no que diz respeito ao aniversário, poucas devem ser as celebrações. No passado mês, em especial, nas últimas semanas, a atenção do empresário e chef está focada noutro nascimento, estrategicamente agendado para a mesma data: o Meeting.

Na véspera da inauguração, o responsável por assumir e remodelar completamente o restaurante da Nerlei (Associação Empresarial da Região de Leiria) apresentou o espaço em exclusividade ao REGIÃO DE LEIRIA e comentou como a proposta apresentada, desde o início, soou controversa. “Eu não queria abrir um restaurante normal”, lembra o argumento que apresentou ao presidente da associação, durante de seleção que analisou outras duas candidaturas para assumir o local.

A principal questão estava no horário: o novo investimento irá funcionar oficialmente apenas ao almoço. “Eu acho que um espaço destes, no sítio onde está, tem que oferecer um bocadinho mais do que os outros restaurantes oferecem. E o facto de estar fechado à noite não é oferecer menos, é oferecer mais”, explica Nuno a lógica que o regeu.

Portanto, a ideia é que no espaço dividido por três salas que podem funcionar em simultâneo ou independentes, haja brechas para acolher os eventos que as quintas ou os restaurantes tradicionais – seja pelo número mínimo exacerbado, seja pela impessoalidade – já não atendiam bem. Localizado num sítio em que pulsa a veia empresarial, nada parece mais ajustado. “É como se fosse uma paleta em branco”, compara sobre as muitas possibilidades por vir. Mas no que diz respeito ao público, a regra não é segregar. “Tal como o nome diz, eu quero que seja um espaço de reunião. Não necessariamente uma empresarial.”

Assim sendo, entre um encontro e outro, a comida promete ser o grande elo, mas a base aplicada nas caçarolas de Nuno pouco deve alterar-se. Quem já se habituou aos sabores protagonizados por muitos vegetais, peixes e gorduras boas, deve reconhecer logo, segundo o agora chef executivo de um grupo familiar que ergueu com a mulher, Manuela Carnide. “Eu vou manter a mesma filosofia e a mesma linha que sempre me orientou”, revela, sustentado por receitas como o polvo com puré de batata doce, salada gaspacho à alentejana e crumble de broa. Uma cozinha que define como “mediterrânea com várias influências”, graças às muitas origens que compõem a sua equipa. Do Brasil, por exemplo, vem a inspiração para os camarões de entrada que lembram um bobó – prato tipicamente afro-brasileiro que combina leite de coco e azeite de dendê.

O cuidado com a proveniência dos ingredientes também será respeitado, com a premissa de troca de ementa a cada três meses. “Quatro cartas por ano, uma por estação”, resume Nuno. “O polvo que vai estar na carta agora no verão tem uma confeção muito simples, sem muitas gorduras, muito focado no sabor. O da estação a seguir já vai estar numa tempura com arroz malandrinho”, conta.

Já na secção das sobremesas é onde o chef deve aproveitar as regalias que não conseguia usufruir num self-service. As empratadas ao momento tarte de maçã aberta, escoltada por gelado de baunilha, e o semifrio de framboesa representam o ponto. “Eu adoro o Manjar. É um restaurante que me diz muito e pelo qual tenho muito carinho. Mas vou focar-me mais aqui. Isto vai ser tudo novidade”, adianta, animado, sobre os próximos meses.

Meeting

Av. Bernardo Pimenta, Ed. Nerlei, Leiria
917 867 751
Preço médio: 15€
Menu diário: cerca de 10 euros (entrada, prato principal, bebida, café e mini-sobremesa)

 

Jessica Germano

Jornalista
jessica.m.germano@regiaodeleiria.pt

Fotos: Blink Eye

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A Câmara Municipal da Marinha Grande deve comprar as piscinas de São Pedro de Moel?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This