Select Page

É preciso voluntários para levar crianças a brincar na rua

Guardar crianças enquanto brincam livremente na rua, sem acesso à tecnologia, é o mote do projeto Brincar de Rua, que está à procura de novos voluntários para o próximo ano letivo.

Guardiões do Brincar é o nome da dupla de cidadãos que monitoriza e acompanha, voluntariamente, um grupo de, no máximo, 15 crianças (Grupo Comunitário do Brincar) durante duas horas de brincadeira no seu bairro.

O projeto é promovido pela Ludotempo – Associação de Promoção do Brincar, com sede em Leiria, e teve no ano letivo passado 95 inscrições para Guardiões do Brincar em todo o país, totalizando 17.902 horas de atividades na rua.

Por cá, a brincadeira acontece na urbanização de Santa Clara, em Leiria. Um outro grupo entrará em funções em setembro, em São Romão, também em Leiria, mas o objetivo é formar novos grupos.

Todas as semanas os Guardiões do Brincar reúnem no mesmo local, dia e hora para duas horas de brincadeira não estruturada, onde todas as atividades são bem-vindas desde que não incluam equipamentos digitais.

As inscrições estão abertas até 9 de agosto e os interessados devem ter duas horas livres por semana, ser maiores de idade e defender os valores do projeto – gostar de brincar e acreditar que fazê-lo na rua forma crianças mais ativas e que têm relações de vizinhança mais fortes. Os voluntários devem entregar o registo criminal e ter disponibilidade para um dia de formação, a decorrer a 14 de setembro (inscrições em www.brincarderua.pt).

Para os “brincadores” (crianças), as inscrições podem ser feitas a partir de 12 de agosto na página do projeto (www.brincarderua.pt).

“São eles [Guardiões do Brincar] quem dá oportunidade às crianças de brincar na rua, mas também de se desenvolverem na relação com o outro e ambiente que as rodeia”, afirma, em comunicado, Francisco Lontro, coordenador do projeto.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo