Assinar
Cultura

Fotógrafos de Leiria viajam 1.200 km para registar árvores monumentais de Portugal

Rute Violante e Cristiano Justino partem pelo país para encontrar e fotografar árvores notáveis.

sobreiro

Há anos que Rute Violante repetia para si mesma: “Um dia vou fotografar árvores pelo mundo fora”. Em 2019 surgiu esse dia: lançou o desafio ao amigo e astrofotógrafo Cristiano Justino e, a partir de sábado, dia 24, lançam-se ambos à estrada para as fotografar: Rute vai atrás das melhores imagens de algumas das mais monumentais árvores nacionais; Cristiano também e procurará ainda os chamados dark skies, céus ainda a salvo da poluição luminosa das cidades, para fotografar corpos celestes para o projeto “Magnificent Skies“.

“Vamos trabalhar em conjunto e em duas frentes, com um objetivo comum: celebrar a magnificência do planeta”, explica Rute Violante. Ao mesmo tempo, procuram alertar para a “gradual e assustadora destruição do planeta”.

Rute, que fotografa árvores desde que recebeu do pai uma máquina analógica, em 1996, entretanto profissionalizou-se na fotografia.

Lançou o projeto artístico de intervenção “Magnificent Trees” que deu origem a uma exposição no mimo – Museu da Imagem em Movimento. Esta roadtrip é o mais um passo nesse movimento, que quer envolver pessoas que “queiram participar em ações ambientais e políticas”.

À partida contam fotografar dez árvores notáveis. Mas, ao longo dos 1.200 quilómetros que percorrerão, “provavelmente vamo-nos deparar com imensas árvores maravilhosas”.

E que árvores são essas? A partir de uma lista do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, escolheram exemplares que têm milhares ou centenas de anos, algumas recordistas de altura ou e de perímetro. Até 31 de agosto, cruzam Portalegre, Castelo de Vide, Montargil, Abrantes, Guarda, Viseu, Braga, Gerês e Figueira da Foz. Mas muitas árvores ficam para outras viagens.

“Há centenas delas em Portugal, catalogadas como árvores de interesse público”. Sendo assim, até onde pode ir este projeto? “A seu tempo e com o devido apoio… é um sonho que se pode tornar o projeto de uma vida! (e vice-versa)”.

Antes da partida, Rute Violante, que dá formação em fotografia, explica sem hesitação como se fotografa uma árvore: “Com o coração”.

Cristiano Justino e Rute Violante vão à procura de árvores com milhares de anos e recordistas em altura e perímetro. Os projetos Magnificent Trees e Magnificent Skies podem ser acompanhados nas respetivas páginas na internet (www.magnificenttrees.com e www.magnificentskies.com) e no Facebook (aqui e aqui) e Instagram (aqui e aqui)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.