Assinar
Caldas da Rainha

GNR deteta descarga ilegal de 36 mil litros de efluentes suinícolas em Turquel

Uma descarga ilegal de efluentes suinícolas para o solo e para uma linha de água foi detetada esta quinta-feira pela GNR em Turquel, no concelho de Alcobaça. A empresa responsável sujeita-se a uma coima até 144 mil euros.

Dejetos foram descarregados para um terreno agrícola e contaminaram as águas de um afluente do rio Seco Foto: GNR Uma descarga ilegal de efluentes suinícolas para o solo e para uma linha de água foi detetada esta quinta-feira pela GNR em Turquel, no concelho de Alcobaça. Os militares do Posto Territorial de Benedita estavam a efetuar uma ação de patrulhamento quando se depararam com um trator agrícola com uma cisterna a descarregar resíduos líquidos para o meio ambiente, provenientes de uma exploração pecuária. Segundo comunicado da GNR, o despejo estava a ser realizada para um terreno, tendo os efluentes escorrido para uma linha de água adjacente, afluente do rio Seco A GNR conseguiu ainda apurar que a cisterna já tinha efetuado mais duas descargas, estimando-se em cerca de 36 mil litros o volume de efluentes descarregado. A suinicultura de onde eram provenientes os dejetos foi entretanto identificada, tendo a GNR elaborado “o auto de notícia por contraordenação por rejeição de águas residuais para a linha de água, punível com coima até os 144 000 euros”. A ação contou com o apoio do Núcleo de Proteção Ambiental de Caldas da Rainha.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.