Select Page

Câmara de Leiria investe 2,2 milhões na entrada sul da cidade

É a principal entrada a sul na cidade de Leiria e prepara-se para sofrer uma transformação radical, com o objetivo de tornar mais eficiente a circulação rodoviária, aumentar a segurança e apresentar soluções inovadoras de mobilidade na cidade. Esta será a principal prioridade do executivo da Câmara de Leiria até ao final do mandato, em 2021.

A apresentação do estudo prévio para a intervenção entre a rotunda D. Dinis, onde brevemente abrirá o Lis Shopping, e a rua Dr. João Soares, até ao cruzamento da Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo (ESFRL), foi realizada na passada terça-feira, em reunião de Câmara, e dá conta da criação de mais lugares de estacionamento, vias para circulação de transportes públicos, ciclovias e zonas verdes.

A autarquia estima que a intervenção represente um custo de 2,2 milhões de euros, dos quais 720 mil euros estão associados às duas novas bolsas de estacionamento, num total de 540 lugares. 

Ainda sem data para arrancar, nem prazos de execução, a obra entra para as prioridades da autarquia, à medida que a urbanização prevista para a Quinta da Malta e a zona comercial de Porto Moniz avançam a passos largos e onde já se verifica a criação de uma via de acesso, da competência do promotor do empreendimento.

PSD vota contra
A necessidade de aliviar o congestionamento de trânsito que diariamente se verifica nesta zona da cidade é clara para o executivo, contudo o PSD votou contra a deliberação, por considerar que “a prioridade da Câmara de Leiria vai complicar em muito o trânsito na cidade”. “A prioridade é ditada pelos interesses da Quinta da Malta e do grupo Elefante Lógico e não da população de Leiria”, afirmou o vereador do PSD que ainda questionou Gonçalo Lopes sobre o contrato celebrado entre a autarquia e o grupo, para a comparticipação de 130 mil euros do projeto viário, “menos de 10% do valor total”. “Como é que a Câmara faz este contrato sem estar determinado o custo da obra? Isto é ilegal, sr. presidente, isto é favor. Eu assumo a responsabilidade de considerar isto um autêntico favor da Câmara em relação a estas empresas em prejuízo dos munícipes (…) como vereador sou obrigado a levantar esta questão. Os grupos [económicos] são muito bem-vindos a Leiria mas têm todos que cumprir as mesmas regras”, afirmou.

Por seu lado, Gonçalo Lopes respondeu que o “processo não começou agora” e que cabe ao promotor construir a via segregada que dá acesso ao empreendimento e há um acordo para suportar despesas inerentes aos restantes acessos.

Leia mais informações sobre o projeto na edição semanal.

Marina Guerra
Jornalista
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Projeto

Estacionamento
Vão ser criadas duas zonas: uma junto à rotunda D. Dinis com 360 lugares; outra no parque de estacionamento da escola secundária Francisco Rodrigues Lobo, com 180 lugares

Tempos de espera
A avaliação do desempenho da rede verificada em 2018 revelou tempos de espera na rotunda D. Dinis até 62 segundos no período da manhã e 50 segundos à tarde. Com a nova solução viária, os tempos de espera deverão reduzir para um máximo de 10 segundos

Corredores Kiss&Ride
Junto à escola D. Dinis, nos dois sentidos da rua Dr. João Soares, e na secundária Rodrigues Lobo, vão nascer duas zonas de paragem para largada e recolha de estudantes

Ciclovia
Cerca de 1.800 metros de traçado de ciclovia serão intervencionados, fazendo a ligação a outras zonas já existentes na cidade

Zonas verdes
A nova rotunda e a zona central na rua Dr. João Soares até à rotunda D. Dinis aumentam para 5.100 m2 as zonas ajardinadas, face aos 2.400 m2 existentes atualmente

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo