Select Page

S.A. Marionetas vai a África e concretiza desejo antigo

Joana Magalhães
Jornalista
joana.i.magalhaes@regiaodeleiria.pt

Há algum tempo que a companhia S.A. Marionetas  sonhava com um projeto nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). A ideia ganha agora forma e entre 9 e 18 de novembro a estrutura de Alcobaça vai estar em São Tomé e Príncipe e Angola, com espetáculos e oficinas de construção e manipulação de marionetas.

“É um projeto que andamos a tentar desenvolver já há alguns anos e tem sido difícil de conseguir porque é dispendioso e também pela logística local que implica”, conta ao REGIÃO DE LEIRIA José Gil, fundador da companhia. A deslocação a África “abre uma porta bastante grande”, acrescenta.

Durante a próxima semana, a companhia vai estar em São Tomé e Príncipe com o espetáculo “etc…”, uma das suas produções mais premiadas, que subirá aos palcos do Centro Cultural do Príncipe, Escola Portuguesa São Tomé e do Centro Cultural Português.

A estrutura de Alcobaça aproveita a viagem para ensinar a construir e manipular marionetas em ações no Centro Cultural Português de São Tomé e Príncipe. Apesar de ser direcionado para artistas, artesãos ou professores da área, o responsável garante que “todos serão bem-vindos”.

Aliada à formação está também a sustentabilidade, já que todas as marionetas vão ser feitas a partir de materiais locais, que não sejam novos. “A ideia não é introduzir mais lixo, mas é, sem criar a frustração de inexistência de material, usar o que já existe”, adianta José Gil. Reciclar material que já não tem uso é um dos objetivos do projeto.

Com a deslocação a África, a S.A. Marionetas quer despertar a atenção para este tipo de espetáculos de bonecos.

No final da semana, metade da equipa regressa a Portugal e a restante viaja para Angola onde, no dia 17, apresenta o espetáculo “Teatro Dom Roberto” na Escola Portuguesa de Luanda.

A viagem da S.A. Marionetas é promovida pelo CAMÕES/ Centro Cultural Português de São Tomé e Príncipe e Arte Institute. A companhia foi fundada em 1997 e ganhou vários prémios a nível internacional, nomeadamente na Roménia, Ucrânia, China, Polónia e Tailândia.

 

O “Teatro Dom Roberto” será apresentado na Escola Portuguesa de Luanda, em Angola Foto: S.A. Marionetas

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo