A GNR anunciou a apreensão, em Caldas da Rainha, de roupa e calçado contrafeitos, avaliados em cerca de 30 mil euros. Na mesma operação foram identificados nove suspeitos.

Em comunicado, a GNR revelou que foi no âmbito de uma “fiscalização efetuada ao recinto do mercado semanal de Santana, que visou o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e à venda de artigos contrafeitos, os militares apreenderam 1 214 artigos têxteis e calçado contrafeitos, com um valor estimado superior a 30 mil euros”.

Os factos ocorreram este domingo, dia 1, e, na altura, as autoridades identificaram nove indivíduos, com idades compreendidas entre os 22 e os 65 anos, “por suspeita de venda de artigos contrafeitos”, em Alvorninha, concelho de Caldas da Rainha, adianta o mesmo comunicado.

A operação envolveu elementos do destacamento territorial de Caldas da Rainha da GNR, bem como dos destacamentos de Intervenção de Leiria, Coimbra, Santarém e Setúbal e do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Unidade de Intervenção.