Na rua falta ainda concluir os passeios, que estão sem calçada, e proceder a marcações de sinalização horizontal​ Fotos: Joaquim Dâmaso

Depois de meses e meses de proibição de passagem, pó, algum barulho e reclamações de moradores e comerciantes, a rua dos Mártires, em Leiria, já abriu à circulação de trânsito.

As obras de requalificação da via terminaram esta quarta-feira, dia 11, e no próprio dia já foi possível o trânsito circular na rua. Seis meses depois do prazo inicialmente previsto, a intervenção chega ao fim.

No entanto, e ao percorrer toda a rua na tarde de hoje, dia 12, verifica-se que falta ainda concluir os passeios, que estão sem calçada, e proceder à marcação da sinalização horizontal no troço da via que tem dois sentidos, entre a rotunda Melvin Jones e o entroncamento da rua Mártires do Tarrafal.

A rua dos Mártires esteve em obras desde 10 de janeiro e deveria ter ficado concluída em junho. O projeto previa a requalificação e reorganização do espaço público, dimensionando e ajustando o perfil da rua ao sentido único de tráfego, aumento da largura de passeios e reorganização dos estacionamentos, numa extensão de cerca de 400 metros.

Foram ainda substituídas as redes de abastecimento de água, de drenagem de águas residuais e de iluminação pública, remodelada a rede de drenagem pluvial e colocado novo mobiliário urbano.

Contudo, a obra foi suspensa pelo menos em dois momentos, primeiro devido a trabalhos arqueológicos e depois, em julho e agosto, durante cerca de seis semanas, para ajuste das intervenções inicialmente previstas, relacionadas com infraestruturas enterradas, o que levou a novo prolongamento dos trabalhos.

A nova data indicada pela autarquia, em setembro, era a conclusão no final de novembro, mas a obra voltou a sofrer novo adiamento.

JM/MG