Assinar Edições Digitais
Óbidos

Semana Santa arranca em Óbidos com a Procissão da Rapaziada

No próximo domingo, as celebrações da Semana Santa iniciam-se em Óbidos com uma procissão que recorda a espiritualidade de São Francisco de Assis.

Os andores que integram a procissão recordam os vários momentos da vida de Francisco de Assis Foto: CMO

As celebrações da Semana Santa em Óbidos vão iniciar-se no dia 1 de março com a Procissão da Rapaziada, uma manifestação religiosa rara que na região do Oeste se realiza apenas naquela vila e em Mafra.

Denominada oficialmente Procissão Penitencial da Ordem Terceira, trata-se de uma cerimónia religiosa que “recorda a espiritualidade de São Francisco de Assis, vivida com profundidade durante séculos na Vila de Óbidos”, divulgou a Câmara Municipal esta quarta-feira.

Trata-se de uma tradição “muito rara no país” que, segundo a autarquia, remonta ao tempo em que a vila de Óbidos, no distrito de Leiria, pertencia à Casa das Rainhas.
Os andores que integram a procissão recordam os vários momentos da vida de Francisco de Assis num cortejo que parte da Capela de Nossa Senhora de Monserrate, construída há cerca de seis séculos.

O cortejo tem na frente uma cruz com o emblema franciscano, seguida por três jovens com símbolos da natureza humana (caveira, coração e cinzas).

Seguem-se os andores com nove imagens (Salvador do Mundo, Bem Casados, Santa Margarida de Cortona, São Luís Rei de França, Santa Isabel, Santa Bebiana, Santo Ivo, Santa Rosa de Viterbo e São Francisco de Assis recebendo as Chagas) e entre eles personificações de anjos carregando flores ou os atributos dos santos. A terminar seguem uma cruz processional e acólitos, a exposição do Santo Lenho e só depois a música e os fiéis que acompanham o cortejo.

O cortejo efetua um percurso pela vila até à Igreja da Misericórdia, onde são recordados os ideais defendidos por São Francisco, e retorna depois à Capela de Nossa Senhora de Monserrate, refere uma nota de imprensa da autarquia.

A Ordem Terceira foi criada no século XIII por São Francisco de Assis para pessoas que desejavam viver como religiosos, sem deixarem o seu estado civil. Esta comunidade laica só se instalou na Capela de Nossa Senhora de Monserrate no século XVIII.

As nove imagens dos andores foram mandadas fazer em Braga no ano de 1849.

A Procissão da Rapaziada é organizada pelas Paróquias de Santa Maria e S. Pedro de Óbidos, Santa Casa da Misericórdia da vila de Óbidos, Comissão da Semana Santa e conta com o apoio do município e da empresa municipal Óbidos Criativa.

A Semana Santa de Óbidos é considerada uma das mais importantes manifestações religiosas na região Oeste de Portugal, atraindo anualmente milhares de pessoas à vila durante a quadra pascal.

Lusa