Autoridades municipais e policiais estão a alertar para falsos profissionais de saúde ou de operadoras de telecomunicações que poderão tentar burlar ou roubar.

No final da semana passada, o serviço municipal de proteção civil do Bombarral alertou para casos registados de “tentativa de burla por dois homens, vestidos de enfermeiros que vão porta a porta e se oferecem para fazer testes ao Covid-19”. “Esta proposta é falsa”, acrescenta aquela entidade.

Recomendação idêntica foi feita no final de semana pelo município de Pombal. A autarquia alertou para a existência de burlas da autoria de pessoas que se apresentam alegando estar a realizar testes domiciliários ao vírus, aconselhando os cidadãos a não abrir a porta.

A questão já tinha sido igualmente levantada pelas forças de segurança.

“Se lhe baterem à porta para fazer um rastreio ao Covid-19 ou ao coronavírus, ou oferecer serviços de telecomunicações, desconfie e contacte a GNR”, alertou aquela força de segurança na última sexta-feira.

Segundo a GNR, “idosos, que vivem em zonas isoladas, são o principal alvo deste tipo de burla, com o objetivo de furtar ou roubar as poupanças de uma vida”.

ALERTA DE BURLA | FALSOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE E DE OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕESSe lhe baterem à porta para fazer…Publicado por GNR – Guarda Nacional Republicana em Sexta-feira, 20 de março de 2020

“Bater à porta das vítimas fazendo crer que, no âmbito da situação vivida no nosso país, são profissionais de saúde e que pretendem rastrear os idosos”, é um dos métodos utilizados, avisa a GNR. Noutros casos, desconhecidos batem à porta “a dar conta da oferta de serviços de telecomunicações”.

“Em ambos os casos, os idosos acabam por ser vítimas de furto. Neste sentido, alertamos que nem os profissionais de saúde, nem os funcionários das operadoras de telecomunicações se dirigem a casa dos cidadãos”, explica a GNR.