A quase totalidade dos colaboradores do município de Leiria vai trabalhar a partir de casa, anunciou hoje a autarquia, em resposta à epidemia de Covid-19.

Em comunicado, a Câmara de Leiria anunciou a medida, tomada esta segunda-feira pelo executivo, sublinhando que não coloca em causa “a prestação dos serviços municipais essenciais”.

A decisão resulta da “forte determinação” em “aumentar o patamar de proteção da população face à propagação do [novo] coronavírus”.

Em paralelo, foi anunciado um pacote de apoios de cariz económico e social num valor superior a 840 mil euros para “ajudar a atenuar o impacto negativo que esta situação de emergência em saúde pública está a acusar junto dos agentes económicos e do associativismo”.

“Estamos conscientes de que esta situação está a causar um profundo impacto económico no nosso tecido social e por isso criámos um conjunto de medidas para reforço da contenção desta pandemia, de apoio às franjas mais carenciadas da nossa população e aos profissionais de saúde e Centro Hospitalar de Leiria”, destacou o presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes.

O município decidiu ainda decretar o encerramento temporário de todas as esplanadas, suspendendo o pagamento da respetiva taxa municipal. Também a venda ambulante em roulottes será interrompida até nova avaliação da situação, ficando fechados também os parques infantis municipais skateparks e parque canino municipal.

Outra medida passa pela suspensão do pagamento de estacionamento nas zonas A e C da cidade e nos parques de estacionamento da Fonte Quente e Mercado de Santana.

Será ainda suspenso o pagamento de estacionamento em duas zonas da cidade e nos parques de estacionamento da Fonte Quente e do Mercado de Sant’Ana.

Ruas onde não se paga estacionamento: Avenida Marquês de Pombal, Rua Sá de Miranda, Rua João Cabral, Largo do Tribunal, Rua Dr. José Henriques Vareda, Avenida Heróis de Angola, Rua São Francisco, Rua Dr. Américo Cortez Pinto, Travessa Dr. Américo Cortez Pinto, Travessa Venceslau de Morais, Largo Comendador José Lúcio da Silva, Rua D. Maria Graça Lúcio da Silva, Rua Venceslau de Morais e Largo da República.