Elevadas concentrações de pólenes e uma massa de ar quente que vai influenciar o estado do tempo nos próximos dias, trazem consigo uma amostra da primavera que se aproxima: o tempo ameno, mas também os tormentos usuais para todos os mais sensíveis aos pólenes.

Pois bem, entre nós, este ano, a chegada da primavera é antecedida de elevados níveis de concentração de pólenes e também de algum calor.

De acordo com o mais recente boletim polínico, esta semana, “na região da Beira Litoral, os grãos de pólen presentes na atmosfera encontram-se em níveis elevados, e provêm predominantemente das árvores plátano, cedro, pinheiro, carvalhos, e cipreste, e da erva urtiga”, aponta a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica.

O quadro completa-se com uma massa de ar quente que esta quarta e quinta-feira, faz subir as temperaturas. Em Leiria os termómetros vão atingir os 25 graus de temperatura máxima nestes dois dias.

Entretanto, o equinócio da primavera ocorre na sexta-feira, dia 20 de março às 03h50. Ironicamente, quando a nova estação chegar, o estado do tempo será mais invernoso, com uma acentuada descida das temperaturas máximas (Leiria não vai superar os 17 graus) e períodos de chuva.