Assinar Edições Digitais
Região à Mesa

Levita’s: Um café leiriense para exaltar a brasilidade

No centro histórico de Leiria, o Levita’s Café homenageia os típicos quitutes do Brasil: bolo de milho, coxinha de frango e pastel de feira feitos ao momento

Levita's Café funciona no centro histórico de Leiria

Faça chuva ou faça sol, seja em que dia da semana for, às 7 horas da manhã, se Natália Andrade ainda não tiver aberto o Levita’s Café, uma pequena legião de fãs começa a bater-lhe a porta. O mérito da clientela fiel que se formou pouco após a abertura do estabelecimento, em abril de 2019, vem parcialmente da administradora: uma brasileira de trato simpático, que faz todo o comensal que entra pelo espaço com ares retrô sentir-se em casa. Mas como em todo e qualquer negócio da restauração, a base e o cerne da casa mora na cozinha e essa é uma homenagem clara aos chamados quitutes do Brasil.

Aberto há cerca de um ano, o Levita’s Café atrai tanto brasileiros quanto portugueses

A proposta de apresentar coxinha de frango, pão de queijo, pastel de feira e bolos, todos confecionados ali, começou tímida – e combinada a trunfos dos cafés locais, como sandes e pastel de nata –, mas facto é que os portugueses têm adorado. “É mais procurado por esses do que pelos brasileiros”, garante a pequena empresária, que traz no sangue a expertise com o comércio. A família, no Brasil, teve durante décadas uma empresa voltada para o sector de velas e foi nesse meio que Natália aprendeu, na prática, sobre gestão e atendimento.

Numa esquina do centro de Leiria, próxima ao rio Lis, a proprietária do espaço já se habituou a avisar com antecedência os dias em que terá, por exemplo, o cremoso bolo de milho que reina absoluto entre os pedidos. “Virou uma febre”, diz em português brasileiro, para referir que o segredo da receita é o sabor muito parecido a uma pamonha – preparo de origem indígena que combina creme de milho, leite, sal ou açúcar e é cozido dentro da própria casca do cereal. Além desse, a casa dispõe na montra diariamente de uma ou duas opções de bolo, das quais são comuns de encontrar a combinação de laranja com camomila, fubá com queijo e mandioca.

O cremoso bolo de milho que lembra pamonha brasileira é uma das marcas do café

Para dar conta do movimento que, felizmente não tem faltado, Natália aceitou uma ajuda homônima. Brasileira há 20 anos em território luso, Natália Santos tem ajudado a servir os 14 lugares que se alternam em turnos de movimento. A hora do almoço, nomeadamente, a procura é pelas diárias que incluem um entre três pratos mais uma bebida, por 6 euros. “Hoje ela está meio que sendo a dona”, brinca a proprietária, para dizer que a parceria entre as duas já tem dado frutos. Nascida na Bahia, a nova gerente é quem responde pela produção de outros acepipes afamados, como os “bastante recheados” pasteis brasileiros e eventualmente, com ajuda da mãe, pelos acarajés (massa de feijão-fradinho frito em azeite de dendê e por regra recheado com camarão seco).

Natália Andrade (esq.) e Natália Santos comandam o café sob inspiração brasileira

Levita’s Café

244 239 534
Rua Tenente Valadim, nº 29, Leiria
Funcionamento Das 7h às 19h30. Encerra aos domingos
Preço médio 3 euros (lanche)