As tradicionais festas de São Pedro, que deviam acontecer entre 27 de junho e 5 de julho em Porto de Mós, foram canceladas no âmbito das medidas excecionais e temporárias adotadas pelo Governo, devido à crise pandémica Covid-19.

Segundo nota do município, a impossibilidade de realização de eventos de massa até ao 90º dia após o fim do estado de emergência levou à decisão de cancelar as festas, reconhecendo a autarquia “o impacto social e económico negativo” da não realização das festas de São Pedro.

Na informação divulgada, a Câmara de Porto de Mós avança que “todos os cenários possíveis foram equacionados”, mas foi necessário “garantir a segurança e a responsabilidade de todos”, deixando votos que em 2021 seja possível “celebrar em alegria e família as nossas festas populares”.