A Comissão Política Distrital de Leiria do PSD está preocupada com o futuro económico da região, no período pós pandemia, e por isso, “mais do que a indicação de Secretário de Estado como representante político para a região, reclama junto do Governo a criação imediata de um plano estratégico para a recuperação socioeconómica” do território.

O plano, explica a comissão distrital, liderada por Rui Rocha, em comunicado, passa por “desenvolver com as autarquias e representantes dos diversos setores”, a perspetiva do distrito “ser beneficiário do pacote de ajudas aprovadas na recente reunião do Eurogrupo e das medidas já anunciadas pelo Governo”.

Para tal, e “no sentido de melhor avaliação e coordenação dos apoios à região”, o PSD do Distrito de Leiria vai promover contactos com as principais associações empresariais da região, representantes da economia social, Instituto Politécnico de Leiria e as autarquias, de forma a definir as prioridades para a “revitalização da economia regional”.

Em reunião extraordinária, realizada por video-conferência, no passado dia 9, os autarcas e membros da comissão distrital avaliaram a evolução da situação de crise pandémica da covid-19 na região.

Congratularam “a postura, esforço e sentido de responsabilidade das autarquias em prol da saúde pública e no apoio social e económico das populações”, que, “muitas vezes”, refere o órgão distrital social-democrata, susbtitui “a administração central e regional do Estado”.

“Reconhecendo plenamente a gravidade das consequências socioeconómicas da crise provocada pela COVID-19, exige-se ações imediatas e concertadas entre as diversas entidades para responder a este desafio de vencer a crise, num espírito de solidariedade entre empresas, instituições sociais e organismos públicos”, refere o mesmo comunicado.