Um homem de 26 anos foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria esta quinta-feira por suspeita do homicídio do padrasto, na freguesia de Nadadouro, concelho de Caldas da Rainha.

O corpo da vítima, de 74 anos, foi encontrado em avançado estado de decomposição no passado dia 16 de junho, num terreno de que era proprietário, tendo a PJ sido chamada a investigar o caso.

Os exames periciais detetaram várias lesões na cabeça, que terão causado a morte do idoso, ocorrida quatro a cinco dias antes.

Segundo informação do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, o arguido, que vive na zona do Ameal, em Torres Vedras, “deslocou-se à residência do padrasto e tê-la-á agredido com pelo menos três golpes na cabeça”, tendo abandonado o local sem prestar qualquer assistência.

A PJ sublinha que os factos aconteceram “após um desentendimento” e que o homem fugiu na viatura do seu padrasto.

O carro foi encontrado abandonado na zona de Torres Vedras, aparentemente depois de ter sofrido um acidente, o que contribuiu para o desenrolar da investigação e localização do suspeito.

O arguido está a ser ouvido esta tarde [sexta-feira] em tribunal para aplicação das medidas de coação consideradas adequadas.