A câmara da Batalha começou a distribuir na segunda-feira, dia 3, trinta mil envelopes porta máscaras, “como reforço das medidas de segurança de clientes dos restaurantes e hotéis”.

A medida decorre no âmbito do combate à pandemia de Covid-19 e porque os sectores da hotelaria e restauração “conhecem fortes exigências”.

“As saquetas contêm informação turística que divulga os valores naturais e culturais do município, constituindo uma aposta no turismo e na valorização da oferta local cultural e de natureza”, explica a autarquia.

“O projeto também promove o uso da máscara como medida de prevenção e saúde pública, e apela ao respeito pelos valores ambientais, uma vez que pretende-se minimizar a deposição das máscaras no espaço público”, adianta.

“Esta iniciativa corresponde a uma opção de sensibilização de toda a comunidade para a importância do uso da máscara em espaços públicos”, refere o presidente do município, Paulo Batista Santos, salientando que “a parceria com o sector turístico é essencial para a reanimação da economia local”.

A distribuição das saquetas prolonga-se pelas próximas duas semanas. Em simultâneo serão entregues kits com máscaras personalizadas, dando continuidade ao programa municipal de distribuição à população, uma medida em vigor desde abril.