A GNR deteve, nas Caldas da Rainha, uma mulher de 43 anos e um homem de 54, aos quais apreendeu 200 plantas de canábis, informou hoje o Comando de Leiria.

Durante a investigação, que decorria desde setembro de 2019, os militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR das Caldas da Rainha apuraram que “os suspeitos tinham uma plantação de canábis na área contigua à sua residência, com 200 plantas que apresentavam diversos estados de maturação”, lê-se num comunicado.

Na quarta-feira, a GNR efetuou duas buscas, uma domiciliária e outra em veículo, que permitiram apreender, além das plantas, uma lâmpada de aquecimento de alto rendimento, cinco frascos de fertilizante e diversos sacos de embalamento de estupefaciente.

Os detidos, com antecedentes criminais, serão presentes hoje a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Leiria.

A ação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) de Leiria.