É a estreia de Tamara Alves e Débora Umbelino (Surma) no festival de Figueiró dos Vinhos – que decorre até 23 de agosto – e, “por obra do destino”, foram desafiadas a criar, juntas, um projeto cujo resultado Surma promete que será “épico”.

No Fazunchar os artistas têm total liberdade de criação, explica Tamara Alves, artista visual de arte urbana que escolheu o tema “ninfas” para o mural que está a pintar na Travessa do Jasmineiro. “Tentei não ir pelo caminho mais óbvio. Peguei nas ninfas e fui diretamente aos escultores para não ir pelo José Malhoa, a escolha comum”, diz Tamara ao REGIÃO DE LEIRIA.

O tema da pintura foi definido em conjunto por ambas após um estudo da geografia e da história envolvente de Figueiró dos Vinhos feito por Tamara. A intenção foi cruzar “a parte mais industrial com a música da Surma”.

Esta participação marca o regresso ao ativo de Tamara – é dela a fachada da Stereogun -, que já não pintava desde março. A presença em Figueiró e no Fazunchar está a ser “uma boa experiência”, sendo o único obstáculo as condições meteorológicas inconstantes no início da semana.

Ao contrário de Tamara Alves, que iniciou a residência artística a 15 de agosto, Surma chegou à vila hoje, dia 19, para dar continuidade ao processo de criação de músicas através da exploração de novos sons. “Tenho cinco temas compostos que vou solidificar e interligar com o som da Tamara a pintar e sons da vila, para que liguem uma coisa com a outra”, conta ao REGIÃO DE LEIRIA.

O mural que está ser pintado exclusivamente com tintas plásticas encontra-se à vista dos moradores e de todos os visitantes que passam pela Travessa do Jasmineiro, e será finalizado no próximo dia 21, com a atuação de Surma. “É um mural que pode inquietar, porque não é algo clássico, foge ao traço naturalista de José Malhoa”, considera Tamara.

Quanto às expetativas sobre o efeito da performance, Surma confia num “resultado inacreditável” e sublinha, como mensagem principal, a importância de “absorver tudo o que está ao (nosso) redor e dar-lhe o devido valor”.