Assinar


Cultura

Comédia musical “The Primitals Brothers” anima sexta-feira de Leiria

O espetáculo à capela protagonizado pelo grupo “The Primitals Brothers” acontece na próxima sexta-feira, dia 25, às 21h30, no Teatro José Lúcio da Silva, no âmbito do 38º Festival Música Leiria.

Descrito nas redes sociais como o quarteto à capela “mais hilariante jamais imaginado”, “The Primitals Brothers” é uma comédia musical que “apresenta quatro povos nativos de um planeta muito parecido com o planeta Terra”.

O espetáculo é apresentado no Teatro José Lúcio da Silva, no próximo dia 25 de setembro, às 21h30, integrado na programação do festival Música em Leiria.

A interpretação dos quatro povos, “com brigas internas, delírios grandiosos, instabilidade mental e farmacopeia milenar”, promete “seduzir a plateia, inundando-a com diferentes géneros musicais”, refere o Orfeão de Leiria, que organiza o festival, em nota divulgada.

A atuação protagonizada por Íñigo García Sánchez, Pedro Herrero, Adri Soto e Manu Pilas é o segundo evento realizado no âmbito da 38ªa edição do festival, após a suspensão das atividades devido à pandemia de Covid-19. O primeiro evento ocorreu no passado dia 23 de agosto, com a atuação do trio “Furum Fum Fum” na Praia do Pedrógão.

As novas datas do 38º festival Música Leiria apontam para o segundo semestre deste ano e para a realização, ainda, de espetáculos em 2021, sob a direção artística do maestro António Vassalo Lourenço.

Os próximos eventos, com data já anunciada, acontecem também no Teatro José Lúcio da Silva: concerto de Eduardo Cardinho – Quinteto Jazz, a 3 de outubro e espetáculo do grupo Ópera ISTO, com a ópera infantil “A Rolha do Rei D’Aonde?”, no dia 7 de outubro, destinado a alunos do ensino básico das escolas do concelho de Leiria.

Todos os eventos, apresentados no âmbito da iniciativa promovida pelo Orfeão, são de entrada gratuita, sendo possível acompanhar a programação completa aqui.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.