O grupo Erofio, com sede no Concelho da Batalha, concluiu esta quarta-feira, dia 4, um procedimento de testagem à Covid-19 aos colaboradores das suas unidades fabris, que resultou na deteção de cinco infetados.

“Na Erofio foram testados 126 pessoas e todos os resultados foram negativos. Na Erofio Atlântico foram testados 100 colaboradores, resultando cinco positivos, mas apenas um deles estava sintomático”, explicou o presidente do grupo de moldes e injeção de plásticos, sedeado na Jardoeira, Manuel Novo.

“Os casos identificados encontram-se já em isolamento, fora das instalações, e as empresas estão a trabalhar com normalidade”, adiantou Manuel Novo, salientando que “as unidades fabris foram desinfetadas e as rotinas de higienização aumentadas”.

O grupo teve a confirmação, na quarta-feira, dia 26, que um dos colaboradores estava infetado e seguiu de imediato o protocolo tendente a testar todos. Esta ação contou com a colaboração do Município da Batalha, que forneceu 35 dos testes rápidos.

A empresa apresentou em março “um plano de contingência considerado muito bem elaborado, que tem sido atualizado, nomeadamente agora devido às novas regras que resultam de o concelho da Batalha ser um dos 121 com medidas especiais”, referiu o presidente do grupo.

A empresa distribui material de proteção individual aos colaboradores, produtos desinfetantes e informação, além de “seguir à risca” as medidas aconselhadas pela Direção Geral de Saúde, destaca Manuel Novo, apelando ao “bom senso que todas as pessoas têm de ter” no atual contexto de pandemia.