Assinar Edições Digitais


Covid-19

Covid-19: Mais 67 casos positivos e 49 recuperações na região de Leiria

Os casos ativos no distrito de Leiria e no concelho de Ourém cifram-se hoje em 970. Em Portugal morreram mais 62 pessoas.

Leiria volta a registar o maior número de casos de Covid-19 na região. Nas últimas 24 horas, contabilizou mais 17, seguindo-se os concelhos de Pombal com 13 novos casos e Ourém com mais 11.

Caldas da Rainha sinalizou desde ontem, segunda-feira, mais sete, Marinha Grande mais seis, Alcobaça mais quatro Nazaré mais três, Batalha e Óbidos mais dois cada e Peniche e Porto de Mós mais um cada.

Com 67 novos casos de infeção, o total de casos confirmados no distrito de Leiria sobe hoje, terça-feira, para 3.141.

Foram entretanto sinalizadas 49 recuperações, 22 das quais em Leiria e dez na Nazaré. Recuperaram ainda doentes em Caldas da Rainha (quatro), Peniche (quatro), Marinha Grande (quatro), Batalha (dois), e em Alcobaça, Alvaiázere e Ansião (um em cada).

Feitas as contas entre os casos confirmados (3.141), doentes recuperados (2.107) e óbitos (64), o total de casos ativos cifra-se hoje em 970, mais 18 do que ontem.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste Cim Médio Tejo e municípios

Morreram mais 62 pessoas em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 62 óbitos associados à Covid-19, elevando para 3.021 o número de vítimas mortais da pandemia.

Com mais 3.817 casos positivos, o total de infeções sobe por sua vez para 187.237, com maior incidência na região Norte (mais 2.663), zona de Lisboa e Vale do Tejo (736), região Centro (290), Algarve (57), Alentejo (41), Açores (21) e Madeira (9).

Já o número de recuperações superou o total de novos casos. O boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) reporta 4.795 doentes recuperados desde ontem, fixando-se o total em 106.878.

Esta evolução fez descer o total de casos ativos para 77.338 (menos 1.040), mas o número de doentes internados continua a subir. Há data de hoje, há 2.742 pessoas hospitalizadas (mais 91 do que ontem), 382 quais em unidades de cuidados intensivos (menos nove).