Assinar Edições Digitais
Covid-19

Covid-19: Mais uma morte em Leiria e 155 novos casos de infeção na região

Mais de metade dos novos casos confirmados nas últimas 24 horas concentram-se nos concelhos de Ourém e Leiria.

São 155 os novos casos confirmados de Covid-19 na região de Leiria (distrito de Leiria e concelho de Ourém), nas últimas 24 horas, de acordo com as informações avançadas pelas autoridades de saúde e municípios.

Para este aumento significativo contribuem especialmente os concelhos de Ourém, com 79 novos casos, Leiria, com 33, e Alcobaça, com 15. Há registo de novas infeções em mais 11 concelhos, em todos eles abaixo de uma dezena. Sem indicação de novos casos permanecem os concelhos de Ansião, Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos.

A atual situação epidemiológica de Ourém está a preocupar o presidente da Câmara que já este sábado deixou uma mensagem aos munícipes na página de Facebook da autarquia. Luís Albuquerque falou da “subida exponencial de casos positivos de Covid-19 nos últimos dias”, no concelho, devido sobretudo ao surto identificado num lar de terceira idade.

O autarca apelou ao reforço das medidas de prevenção e recordou que Ourém não se encontra entre os 121 concelhos considerados de risco pelo Governo, mas que pode vir a integrar a lista quando ela for atualizada.

Em relação ao número de recuperações na região, de ontem para hoje, registaram-se 30. Leiria (11), Batalha (8) e Peniche (5) foram os concelhos com maior número de doentes recuperados, seguidos de Caldas da Rainha (2), Nazaré (2), Alvaiázere (1) e Pedrógão Grande (1).

Com mais um óbito registado no concelho de Leiria, nas últimas 24 horas, sobe para 62 o número de mortes na região, associadas à Covid-19.

Desde o início da pandemia já foram diagnosticados 2.954 casos positivos e 1.990 recuperações. A região conta agora com 902 casos ativos.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste Cim Médio Tejo e municípios
Portugal com 6.640 casos, novo máximo diário desde o início da pandemia

Portugal atingiu um novo máximo de casos diários de covid-19 ao contabilizar mais 6.640 infeções nas últimas 24 horas e regista 56 óbitos, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.848 mortes e 173.540 casos de infeção pelo novo coronavírus, estando hoje ativos 72.945 casos, mais 2.591 do que na sexta-feira.

A DGS indica que das 56 mortes registadas nas últimas 24 horas, o segundo pior dia desde o início da pandemia, 31 ocorreram na região Norte, 19 na região de Lisboa e Vale do Tejo, três na região Centro e outras três no Alentejo.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico revela que estão internadas 2.420 pessoas (menos cinco que na sexta-feira) e destas estão 366, mais 26 doentes, em cuidados intensivos.

A DGS refere também que as autoridades de saúde têm em vigilância 91.350 contactos, mais 11.661 em relação a sexta-feira, um número que tem aumentado de forma exponencial, e que foram dados como recuperados, nas últimas 24 horas, mais 3.993 doentes, num total de 97.747 desde o início da pandemia.

A região Norte é a que regista a maioria dos novos casos, tendo sido reportados 3.900 nas últimas 24 horas, totalizando 82.361 casos de infeção e 1.279 mortos desde o início da pandemia, em março.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 1.856 novos casos de infeção, contabilizando-se agora 67.725 ocorrências e 1.109 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 712 casos de infeção, contabilizando-se agora 15.757 e 352 mortos.

No Alentejo foram registados mais 49 novos casos de covid-19, totalizando 3.361 e 63 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 182 casos de infeção, somando 3.367 casos e 29 mortos desde o início da pandemia.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 22 novos caso nas últimas 24 horas, somando 435 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou 19 casos nas últimas 24 horas, contabilizando 534 infeções e um óbito.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 78.664 homens e 94.876 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 1.458 eram homens e 1.390 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado.